Array

Fred Machado defende mudanças em projetos sociais e dispara contra oposição

PUBLICADO EM

O Vereador e líder do governo Fred Machado (PPS) ocupou por diversas vezes a tribuna da Câmara Municipal de Vereadores na sessão desta terça (6). A sessão contou com a presença de manifestantes em função da votação de dois projetos que modificam detalhes dos programas Cheque Cidadão (Programa de transferência de renda) e Campos Cidadão (Programa de passagem social). O Plenário ficou dividido entre manifestantes favoráveis e contrários aos projetos, sendo grande parte dos contrários, ligados ao governo da Ex-Prefeita Rosinha Garotinho.

- Publicidade -

Em uma de suas falas, Fred Machado disse que entre outras irregularidades, o Programa Cheque Cidadão chegou a ter como beneficiários funcionários públicos que trabalhavam no governo Rosinha. Também chamou a atenção para uma entrevista em que o então Secretário de Governo Anthony Garotinho, disse que sem o empréstimo, a prefeitura não conseguiria manter a passagem social e o cheque cidadão. Fred na sequencia garantiu, que apesar de possuir a metade do orçamento da gestão anterior, a prefeitura manterá os programas sociais. Hoje o pagamento do empréstimo milionário conhecido como “venda do futuro”, feito na gestão da Ex-Prefeita Rosinha é um dos motivos de deficit nas contas do município.

O vereador também comentou da condenação em primeira instância da Ex-Prefeita na ação que investiga o suposto uso eleitoral do programa social Cheque Cidadão na eleição municipal do ano passado. Rosinha foi condenada a oito anos de inelegibilidade, a contar das eleições de 2016.

Em outro pronunciamento o líder do governo se referiu aos que hoje são vereadores, mas já foram membros da administração governo anterior e não fizeram as coisas que hoje cobram, em seguida frisou que o respeito na casa é fundamental e que os vereadores devem resolver seus problemas sem ofender o agredir verbalmente os demais.

Ao se referir aos projetos votados, o vereador disse que apesar de cortes não serem interessantes no viés político/eleitoral, ainda assim são necessários para controlar os gastos públicos. Encaminhando seu voto, o vereador ainda falou dos cortes de cargos comissionados que a administração realizou e atribuiu as qualidades de responsabilidade e gestão ao governo do prefeito Rafael Diniz, comparando a outras gestões que, segundo ele, jogavam o dinheiro no ralo.

- Publicidade -

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS