Array

VENDA DO FUTURO: STJ nega liminar da Prefeitura e situação econômica de Campos pode se agravar

- Publicidade -

O pedido de liminar em suspensão de segurança, que pedia a suspensão do pagamento das parcelas da ‘venda do futuro’, feito pela ex-prefeita Rosinha Garotinho, foi negado na noite desta terça (11), pela presidente do Superior Tribunal de Justiça, Laurita Vaz. A liminar foi impetrada pela Procuradoria do Município.

A ‘venda do futuro’ sempre foi criticada pelo prefeito Rafael Diniz, inclusive quando ainda era vereador. Nos últimos dias foram divulgados dados da transação que mostram que o que foi votado na Câmara Municipal na época, foi muito diferente do contrato negociado por Rosinha e sua trupe.

A decisão do STJ será publicado na íntegra apenas nesta quarta (12), e só então, a procuradoria do município será informada se a decisão cabe ou não recurso.

Em junho, Diniz postou um vídeo em sua página no facebook onde afirmou que caso a decisão de hoje do STJ seja mantida, ”Eu já condenava e dizia que este contrato poderia ser a tragédia para a cidade de Campos enquanto era vereador, e agora estamos vendo mais detalhadamente que é ainda pior. A Caixa poderá pegar toda a arrecadação dos royalties que a cidade tem, podendo comprometer o pagamento de contas, prestação de serviços e até salários do servidor”.

Confira o vídeo abaixo:

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS