Array

Motoristas do transporte alternativo reclamam de uma possível perseguição na fiscalização do IMTT

PUBLICADO EM

Nos últimos dias, o Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT) vem realizando diversas operações nas ruas de Campos, buscando coibir a atuação de veículos em situação irregular no transporte alternativo de Campos. Durante as operações, diversos veículos foram apreendidos com documentação atrasada, falta de condições básicas para transportar passageiro e até mesmo pelo transporte de passageiros em pé nas vans.

- Publicidade -

Acontece que, fomos procurados por pessoas que trabalham no transporte alternativo de Campos, onde uma das principais alegações foi uma possível “perseguição” por parte do órgão municipal, que vem realizando as fiscalizações apenas em veículos do transporte alternativo, deixando com que ônibus circulem em situações iguais ou até piores do que as vans apreendidas.

Um motorista que faz a linha Travessão/Centro, que preferiu não se identificar, relatou que não é contra a fiscalização, e sim, contra a perseguição “Minha van está toda legalizada, não sou contrário que fiscalize. Mas acho que assim como fiscalizam as vans, qual o problema em fiscalizar os ônibus? Tem empresa que de 50 ônibus que estão em circulação, 40 estão em situação irregular. Em horário de pico, tem ônibus com 60 passageiros em pé, mas as vans não podem circular com 3 passageiros em pé. Se usam um critério com as vans, por qual motivo não usar o mesmo critério com as empresas de ônibus?”, indagou o motorista.

Já um motorista que faz a linha Santa Rosa/Centro, que também preferiu não se identificar, alertou para a importância das vans “Hoje Campos tem mais de 300 vans e o transporte público já é um caos. Imagina se diminuir o número de vans? São 900 empregos gerados diretos e indiretamente. Famílias hoje dependem do transporte alternativo. Hoje as vans já são mais utilizadas do que os ônibus, por que a população prefere o nosso serviço. O povo tem direito de escolher, mas parece que o IMTT quer escolher pelo povo”, concluiu.

Outra reclamação por parte dos motoristas, é que o IMTT quer padronizar o preço das passagens em R$ 2,75 para as vans, igualando ao preço dos ônibus. “Colocar a van no mesmo preço dos ônibus poderia até ser aceitável se nós também tivéssemos o Rio Card, porém, apenas os ônibus possuem o serviço. Colocar esse valor, sem o serviço do Rio Card, seria praticamente acabar com as vans e piorar ainda mais o transporte público em Campos”, disse um deles.

REPOSTA DA PREFEITURA
O Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT) explica que as operações de fiscalização tem como principal objetivo coibir o transporte não legalizado. As operações são realizadas direcionadas a todos os modais (taxi/onibus/van), e através de registro é possível identificar ações administrativas direcionadas a todos os modais citados, caso estes tenham sido encontrados com alguma irregularidade no exercício do trabalho.

Outro fato destacado pelo IMTT, é que as vans com a documentação do órgão em atraso ou desatualizada, não estão sendo apreendidas pelo IMTT, visto estar em vigor o recadastramento, cujo prazo final será 10/09/17. Ainda, tem sido encontrado motoristas nas vans e táxi, sem o devido registro no IMTT. Nestes casos, o veículo fica retido até que um motorista devidamente registrado compareça e se identifique para a liberação do veículo.
“Sempre é bom lembrar, que estamos recebendo elogios, inclusive das vans, pelos procedimentos das operações. Também, que basta estar em dia e transportando passageiros conforme a legislação, que não haverá qualquer tipo de problema. Neste caso, mesmo muito prejudicada a comparação entre van e ônibus, devido as suas características, nas vans esta proibido o transporte de passageiros em pé. É uma definição da legislação”, pontuou o presidente do Instituto Municipal de trânsito e Transporte, Renato Siqueira.
PS: De acordo com a Lei 8169/10, art. 7o., III, os passageiros nas vans devem ser transportados sentados.

- Publicidade -

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS