Donald Trump afirma que deverá ser detido na terça-feira

PUBLICADO EM

PUBLICADO EM

- Publicidade -

O antigo presidente dos Estados Unidos da América (EUA), Donald Trump, afirmou, este sábado (18), que deverá ser preso na próxima terça-feira.

Segundo Trump, numa publicação através da sua rede social, Truth Social, citada pela Reuters, sem apresentar quaisquer provas, “fugas de informação ilegais” do gabinete do procurador distrital de Manhattan, em Nova Iorque, indicam que ele será preso nesse dia.

“Fugas de informação ilegais de um escritório de um procurador corrupto de Manhattan… indicam que o candidato republicano e ex-presidente dos Estados Unidos da América, será preso na terça-feira da próxima semana”, escreveu o ex-presidente norte-americano.

Em causa está o caso do alegado pagamento a mulheres que dizem ter tido relações sexuais com Donald Trump. 

Segundo a agência noticiosa, o porta-voz do gabinete do procurador distrital de Manhattan ainda não fez quaisquer comentários sobre a afirmação do antigo presidente norte-americano.

O escritório procurador distrital de Manhattan, Alvin Bragg, no início deste ano, começou a apresentar evidências a um grande júri que investigava um pagamento de 130 mil dólares que Michael Cohen, ex-advogado pessoal e consertador de Trump, fez à estrela porno Stormy Daniels nos últimos dias da campanha de Trump em 2016.

Daniels, cujo nome verdadeiro é Stephanie Clifford, afirma que teve um caso com Trump uma década antes. Trump negou que o caso tenha acontecido.

Até ao momento, não houve qualquer anúncio público de um prazo para a conclusão do trabalho do grande júri no caso, incluindo qualquer potencial votação sobre a possibilidade de indiciar o ex-Presidente por aqueles crimes.

Trump foi presidente republicano de 2017 a 2021 e disse que voltará a candidatar-se à Casa Branca nas eleições presidenciais de 2024 nos EUA. 

[Notícia atualizada às 13h08]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

VEJA TAMBÉM

Generated by Feedzy