Levou corpo de tio até aos correios para cobrar pensão e acabou condenado

- Publicidade -

Declan Haughney, de 41 anos, foi condenado a cumprir dois anos de prisão efetiva pela Justiça irlandesa. O motivo da condenação foi por ele ter arrastado o cadáver de seu tio até um posto dos correios local para tentar cobrar a respectiva aposentadoria do idoso.

Haughney estava acompanhado por outro homem, de 38 anos, quando levaram o corpo do homem, que faleceu aos 66 anos de idade, até o interior do posto dos Correios em Carlow, na Irlanda, com o objetivo de levantar a aposentadoria no valor de 246 euros.

No entanto, os funcionários do estabelecimento perceberam que o homem já estava morto e, imediatamente, contataram as autoridades. O incidente ocorreu em janeiro deste ano.

As imagens das câmeras de segurança do local mostram a dupla chegando aos Correios por volta das 11h15 da manhã, passando à frente da fila de pessoas que lá estavam, carregando o cadáver do tio de Haughney, que já apresentava um aspecto “acinzentado”, conforme relatado por uma testemunha.

Quando as autoridades chegaram ao local, tentaram realizar manobras de reanimação no idoso, mas às 12h40, declararam oficialmente o óbito, reconhecendo que provavelmente ele já estava morto há mais tempo.

O juiz Eugene O’Kelly determinou a sentença de dois anos de prisão efetiva para Haughney, seguidos de seis meses de pena suspensa. Além disso, o ajudante de Haughney, Gareth Coakley, também foi condenado a dois anos de prisão, com os últimos seis meses em regime de pena suspensa.

Leia Também: ‘Chef’ de Barack Obama morre afogado durante incidente de paddle

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS