Hang diz que vídeo em que youtuber simula sua morte é brutal

- Publicidade -

(FOLHAPRESS) – O empresário bolsonarista Luciano Hang, dono da varejista Havan, reagiu ao vídeo publicado pelo comediante Tiago Santineli na semana passada com cenas que simulam o espancamento de um personagem interpretado por um ator careca vestido com terno verde e gravata amarela -figurino usado pelo empresário desde 2019.

De acordo com a assessoria de Hang, ele considerou as imagens horríveis, chocantes, brutais e avalia entrar na Justiça contra o youtuber, famoso por publicar vídeos ironizando os apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

Apresentada no canal de Santineli no YouTube, a cena mostra o rapper Djonga batendo na cabeça do personagem de terno verde com um taco de beisebol. O homem, ensanguentado, cai no chão e, em seguida, ouve-se o barulho de novos golpes.

Chamado de “Patriotas Inglórios”, o vídeo de Santineli faz uma paródia com o longa-metragem de Quentin Tarantino “Bastardos Inglórios”, de 2009, cujos personagens têm um plano para assassinar líderes nazistas na França ocupada na Segunda Guerra Mundial.

As imagens foram divulgadas no YouTube como um teaser para promover um show de stand-up do comediante. A assessoria de Hang afirma que o vídeo faz apologia de crime, incitação a violência e ameaças.

“Costumo sempre dizer que podemos ser concorrentes de ideias, mas jamais inimigos pessoais. É muito triste ver pessoas se utilizando de meios violentos para impor pensamentos. Podemos, sim, discutir ideias para melhorar o país, manifestar nossas opiniões, mas não destilar ódio com cruéis incitações ao crime e graves ameaças de morte”, diz o empresário em nota.

Procurado pela reportagem, o influenciador Tiago Santineli afirma que não considera apologia de crime contra bolsonaristas. “É uma obra artística. Eles estão acostumados a fazer a violência na vida real. Quando veem o lado de cá encenando, eles já ficam malucos”, diz.

Ele não confirmou se o personagem careca de terno verde e gravata amarela é uma referência a Hang. “Eu deixei isso em aberto”, afirma.

Com mais de 780 mil inscritos em seu canal, aberto em 2017, Santineli tem quase 60 milhões de visualizações. Além de Luciano Hang, Santineli já fez vídeos sobre personalidades como a senadora Damares Alves (Republicanos-DF), a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro e o ex-deputado Roberto Jefferson.

O teaser também provocou a reação de parlamentares como a deputada federal Bia Kicis (PL-DF), que divulgou mensagem em suas redes sociais afirmando que o partido apresentou uma notícia-crime à PGR (Procuradoria-Geral da República) contra o autor do vídeo. Segundo ela, o PL pede que o filme seja suspenso e a página, bloqueada.

O deputado federal Gustavo Gayer (PL-GO) também foi ao Twitter fazer um comentário sobre o caso. “Só um comediante de esquerda bem à vontade nessa nova democracia relativa. Em breve fazendo uma live com algum ministro do STF”, escreveu.

Leia Também: STF retoma julgamento sobre descriminalização do porte de drogas

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS