Momento raro: Lula transparente é filmada a 700 metros de profundidade

- Publicidade -

Uma “lula de vidro” foi registrada em vídeo a uma profundidade de 700 metros, perto do Alasca, em um evento considerado “único e raro”, divulgado pela Ocean Exploration, um programa norte-americano dedicado à pesquisa do oceano e da vida marinha, em seu canal no YouTube.

As imagens são verdadeiramente hipnotizantes. No vídeo, podemos observar essa criatura, que ganhou o nome de “lula de vidro” devido à transparência de seu corpo, nadando tranquilamente, frequentemente de cabeça para baixo. Conforme ela se desloca, é possível ver os órgãos internos em funcionamento. Sua glândula digestiva é vermelha, e as duas bolsas brancas são suas brânquias, usadas para respiração. Os tentáculos da lula são brancos.

Localizados logo abaixo dos olhos, que parecem piscar em determinado momento, estão os fotóforos, que emitem luz para atrair pequenas presas para a lula.

A filmagem foi realizada em 15 de julho, durante a expedição Seascape Alaska 3, por pesquisadores da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos Estados Unidos (NOAA), nas proximidades das Ilhas Aleutas, no Oceano Pacífico, e capturada por meio de um tipo de drone subaquático.

Embora as lulas da espécie “Taonius borealis” não sejam incomuns na região, há poucos registros visuais delas.

Leia Também: Mulher lava olhos com detergente corrosivo para cumprir sonho de ser cega

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS