Japão registra mais de 200 novos tremores 24h após terremoto, diz governo

PUBLICADO EM

BRASÍLIA, DF (UOL/FOLHAPRESS) – O Japão registrou 201 novos tremores de terra nas primeiras 24 horas após o terremoto de segunda (1), de acordo com a Agência Meteorológica do Japão -órgão governamental responsável pelas medições.

- Publicidade -

Apesar da quantidade, os novos tremores não superaram o maior terremoto em intensidade. Registrado às 4h10 do dia 1º na região de Noto, na província de Ishikawa, o tremor mais intenso atingiu magnitude 7.6.

Oito dos 10 tremores mais intensos no período analisado foram detectados em Noto. Os outros dois se deram na província de Niigata, a 440 quilômetros de Noto. Com magnitude a partir de 5, todos os registros se deram no dia 1º — nove deles entre 4h10 e 6h08.

Ishikawa registrou 170 tremores nas 24h após o terremoto. As ocorrências se distribuíram entre a região de Noto e a costa da província. Desde 4h10 do dia 2, mais de novos 40 tremores já foram verificados no local.

MAR DO JAPÃO CONCENTRA TREMORES INTENSOS

Noto e Niigata ficam a mais de 250 quilômetros de Tóquio. As duas regiões são banhadas pelo Mar do Japão, localizado entre a Ásia Continental e arquipélago japonês.

Colisão entre aviões mata cinco em Tóquio. O acidente ocorreu nesta terça (2). Uma das aeronaves levaria ajuda humanitária para região de Noto.

Terremoto do dia 1º deixou, ao menos, 48 mortos. Edifícios desabaram nas províncias de Ishikawa, Niigata, Fukui, Toyama e Gifu. Só em Ishikawa, 25 casas colapsaram e 200 incêndio foram registrados.

- Publicidade -

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS