Piloto é sequestrado e torturado em escala na África do Sul: ‘como filme’

PUBLICADO EM

Um piloto da British Airways teria sido sequestrado e torturado na África do Sul, enquanto fazia compras durante uma escala entre voos.

- Publicidade -

A companhia aérea anunciou estar “apoiando” um colega e informou que as autoridades locais têm em curso uma investigação, mas não revelou mais detalhes.

Uma fonte, citada pelo jornal The Sun, afirma que o piloto só foi libertado depois de ficar “sem nenhum tostão”.
 
Os funcionários da companhia foram alertados de que um tripulante “foi sequestrado” à porta de um supermercado. O homem teria sido abordado por uma mulher, que lhe pediu ajuda com as malas, no estacionamento de um supermercado, em Joanesburgo.

Quando chegaram junto do carro, o piloto foi empurrado para dentro por um grupo de homens e levado para uma parte remota da cidade, onde foi “gravemente agredido”.

“É impressionante o que aconteceu com o piloto. Foi como um filme”, disse uma fonte ao mesmo jornal. “Ele caiu no golpe de concordar em ajudar uma mulher necessitada e, antes que percebesse, foi colocado num veículo e levado embora.”

“Depois, suportou horas de tortura e agressões físicas. Tudo só terminou quando ele ficou sem nenhum tostão. Ele está simplesmente feliz por estar vivo”, acrescenta.

Entretanto, teve de ser convocado um piloto substituto, uma vez que a vítima não estava em condições de pilotar o avião de volta para Londres.

- Publicidade -

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS