EUA registram mais de 50 mortes em meio a onda de frio; maioria é por acidentes

PUBLICADO EM

- Publicidade -

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Parte dos Estados Unidos continua sendo afetada pela “rajada do Ártico”: pelo menos 50 pessoas morreram em consequência do frio ou das fortes tempestades de neve, apontam veículos de imprensa americanos, e os acidentes são responsáveis pela maioria dos casos.

- Publicidade -

Estados do noroeste e do sudeste estão sendo os mais afetados. Há registros de mortes em Arkansas, Nova York, Pensilvânia, Tennessee e outros.

Acidentes relacionados à neve e às temperaturas extremas causaram as mortes. No Tennessee, onde pelo menos 17 pessoas morreram, um homem escorreu ao sair do carro e morreu sem conseguir levantar. Seu corpo foi encontrado ao lado do veículo, informou a polícia.

Onda de frio extremo já dura uma semana. Mais de 100 milhões de pessoas estão sob alerta de tempestade de inverno.

Na estrada, carros perdem o controle. Cinco mulheres da mesma família morreram atropeladas ao saírem de um carro que havia rodopiado pela neve. Na Pensilvânia, outras cinco também foram vítimas após uma mini van capotar pela estrada congelada.

Temperaturas ainda ficam próximas dos -30ºC. Em Chicago, essa é a previsão do que os termômetros devem indicar nesse próximo fim de semana. Em Kansas City, no Texas, deve fazer -20ºC. Até estados mais quentes, como a Florida, devem ter temperaturas próximas ao negativo.

- Publicidade -

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS