Groenlândia está perdendo 30 milhões de toneladas de gelo por hora

PUBLICADO EM

Um novo estudo, realizado por cientistas da NASA, revelou que a camada polar da Groenlândia está perdendo uma média de 30 milhões de toneladas de gelo por hora. Isso representa um aumento de 20% em relação às estimativas anteriores.

- Publicidade -

O estudo, publicado na revista Nature, analisou imagens de satélite de 1985 a 2022. Os cientistas descobriram que quase todos os glaciares da Groenlândia diminuíram ou recuaram nas últimas décadas.

O líder do estudo, Chad Greene, disse que “as mudanças em torno da Groenlândia são tremendas e estão acontecendo em todos os lugares”. Ele acrescentou que a preocupação dos cientistas agora é que a água doce liberada pelo derretimento do gelo possa provocar o colapso ou enfraquecimento da circulação meridional do Atlântico (AMOC).

A AMOC é uma corrente oceânica que transporta água quente do Atlântico Sul para o Norte. Se ela colapsar, teria impactos profundos no clima da Europa Ocidental, do Reino Unido e de partes da América do Norte.

A descoberta da perda extra de gelo também é importante para calcular o desequilíbrio energético da Terra. Greene explicou que “é preciso muita energia para derreter uma tonelada de gelo. Portanto, se quisermos modelos de equilíbrio energético muito precisos para a Terra, isso tem que ser levado em conta”.

Leia Também: Avião da Atlas Air faz pouso de emergência em Miami após falha no motor

- Publicidade -

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS