Homem que matou filha adotiva para esconder incesto tenta se suicidar

PUBLICADO EM

- Publicidade -

Rick Thorburn tentou tirar a própria vida pela terceira vez na prisão, na Austrália. Ele ganhou destaque em 2015 ao assassinar sua filha adotiva de 12 anos, Tiahleigh Palmer, ao descobrir o envolvimento incestuoso dela com seu filho biológico de 19 anos. Rick matou Tiahleigh para encobrir o caso, temendo inclusive uma possível gravidez.

- Publicidade -

Na fatídica ocasião, Tiahleigh Palmer retornava para casa após aulas de dança quando foi morta pelo pai adotivo, que jogou seu corpo nu em um rio para esconder os vestígios. Rick foi condenado à prisão perpétua, e o juiz David Boddice classificou seu ato como “frio, calculado e insensível”.

De acordo com o Daily Mail, Rick foi encontrado inconsciente em sua cela nesta quinta-feira, marcando a terceira tentativa de suicídio. Ele já havia sido descoberto inconsciente em agosto de 2022 e setembro de 2020.

Leia Também: Três mortos e nove feridos após queda de hangar em aeroporto nos EUA

- Publicidade -

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS