Policial acusado de 13 estupros disse a mulher que não acreditariam nela

PUBLICADO EM

Um ex-policial da polícia metropolitana de Londres, enfrentando 13 acusações de estupro, teria abusado de seus poderes, dizendo a uma mulher que ninguém acreditaria nela. O caso está em julgamento no Reino Unido, e relata que Cliff Mitchell, de 24 anos, ameaçou a mulher com uma faca, a amarrou com braçadeiras e colocou fita adesiva em sua boca em setembro de 2023.

- Publicidade -

Durante uma entrevista policial apresentada no Croydon Crown Court, em Londres, a vítima relatou que Mitchell ameaçou matá-la, colocando uma faca em seu pescoço e a amarrando com braçadeiras. O acusado enfrenta 13 acusações de estupro e duas de sequestro, mantendo-se inocente de todas as acusações.

A suposta vítima revelou que, enquanto chorava, Mitchell usou seus poderes contra ela, afirmando que ninguém acreditaria em sua história. Apesar das ameaças, a mulher conseguiu escapar e foi auxiliada por um motorista que passava.

A procuradora Catherine Farrelly informou ao júri que Mitchell era um policial em serviço na Polícia Metropolitana durante a “última parte” dos supostos crimes. As acusações incluem seis de estupro contra uma menor, sendo três delas quando ela tinha menos de 13 anos. O julgamento continua.

Leia Também: Bombeiros resgatam homem que pulou em rio para salvar seu cão; veja

- Publicidade -

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS