Escorpião viaja em mala de mulher e é descoberto duas semanas depois

PUBLICADO EM

- Publicidade -

Um escorpião venenoso foi transportado do Quênia para a Irlanda na bagagem de uma viajante e permaneceu em sua casa por duas semanas antes de ser descoberto por acaso.

- Publicidade -

James Hennessy, proprietário e diretor do Jardim Zoológico Nacional de Répteis, no condado de Kilkenny, na Irlanda, relatou que a mulher, residente na cidade de Wicklow, desfez a mala ao retornar do Quênia e a deixou em seu quarto.

A presença do escorpião só foi percebida pela mulher quando ela mudou a mala de lugar cerca de duas semanas depois.

“A casa onde a mulher mora possui piso aquecido, então o escorpião estava confortável e quente no chão”, destacou Hennessy à RTE Morning Ireland.

Segundo Hennessy, “esse tipo de escorpião não é muito perigoso, mas o veneno pode causar dificuldades respiratórias, dor intensa e algum inchaço localizado. Felizmente, não é fatal”.

O escorpião passará o restante de seus dias na unidade de animais venenosos do Jardim Zoológico Nacional de Répteis, onde será utilizado em apresentações educacionais.

 

- Publicidade -

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS