Rua, parque ou loja? Nesta localidade francesa não pode usar o celular

PUBLICADO EM

- Publicidade -

Em Seine-Port, uma pequena localidade no sul de Paris, França, a utilização de smartphones em público agora está sujeita a restrições, após a população votar a favor dessa medida em um referendo. Dos menos de 2 mil habitantes, 277 participaram da votação, e 54% apoiaram a proibição.

- Publicidade -

Segundo o The Guardian, adultos e crianças são desencorajados a usar smartphones ao caminhar pelas ruas, quando estão sentados em parques, dentro de lojas, cafés ou restaurantes. Essa medida visa combater o que é percebido como uma “invasão de smartphones”.

“Votei a favor, pode ser uma solução”, comentou uma enfermeira enquanto cortava o cabelo em um salão que já exibia um sinal de proibição de smartphones.

Além da restrição ao uso de celulares em locais públicos, a população de Seine-Port também votou a favor da proibição do uso de telas por crianças. No entanto, se os pais concederem permissão por escrito, a administração municipal fornecerá um celular antigo, capaz apenas de realizar chamadas, para adolescentes com até 15 anos.

“Sou totalmente a favor. Alguns argumentam que isso é um ataque às liberdades, mas eu não vejo assim. Trata-se de conscientizar sobre o impacto dos telefones em nossas vidas”, afirmou Ludivine, de 34 anos.

A medida vai ser agora escrita num documento municipal, o primeiro do género em França. No entanto, a polícia não pode multar pessoas que circulem na rua a usar o seu smartphone, já que não há uma lei nacional sobre o assunto. Ainda assim, o presidente da câmara, Vincent Paul-Petit, descreve a medida como um incentivo para limitar o uso do telefone. 

Leia Também: Já imaginou viver sem as redes sociais? Neste país são proibidas; entenda

- Publicidade -

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS