Casal perde celular no mar e encontra aparelho dias depois (funcionando)

- Publicidade -

Contra todas as probabilidades, um casal reencontrou o seu celular 10 dias depois de ter perdido o aparelho no mar enquanto faziam snorkeling na Grande Barreira de Coral, na Austrália.

Dayana e Alex Jara estavam praticando snorkeling no Dia dos Namorados ao largo da costa de Hook Island, uma parte remota e em grande parte desabitada de Whitsundays, quando os problemas começaram.

“O meu marido mergulhou e a sua máscara de mergulho caiu, e ele mergulhou para pegar, e tinha uma corrente com uma capa [à prova de água] com o seu celular”, contou Dayana, citada pela Australian Broadcasting Corporation.

Segundo a mulher, Alex conseguiu recuperar a máscara, mas a corrente com o celular caiu e “desapareceu literalmente na escuridão”. “Ele não conseguia ver nada para além do nariz”, adiantou ainda.

Na ocasião, mergulhadores profissionais a bordo do barco de aventura vasculharam a zona em busca do telemóvel, mas não encontraram nada.

Na esperança improvável de que um dia o celular fosse recuperado, o casal ativou uma mensagem de aparelho perdido e compartilhou os seus dados de contato na tela inicial.

No entanto, passado 10 dias, o casal recebeu uma chamada de um desconhecido que dizia ter encontrado o celular. “Até hoje, ainda estamos chocados… estou sem palavras. Quem é que vai encontrar um celular no meio da Grande Barreira de Coral?”, questionou Dayana.

Foi Carla Dopson, residente em Airlie Beach, na Austrália, que encontrou o smartphones. A mulher estava fazendo o seu primeiro mergulho desde que tinha obtido a licença para mergulhar quando avistou um objeto no fundo do mar a cerca de 15 metros abaixo da superfície.

“O telefone parecia deslocado porque estava coberto de areia, mas eu conseguia ver o símbolo da Apple na tela. Levantei-o com uma espécie de olhar chocado no rosto, tanto quanto se pode fazer debaixo de água com equipamento de mergulho”, contou Carla.

Depois de voltar a terra, Carla levou o aparelho para casa para o carregar, viu a mensagem de emergência e telefonou a Dayana, que ficou em choque com a descoberta.

Dayana teve o celular de volta esta semana, que estava cheio de fotografias preciosas das suas férias em Queensland.

“O oceano é tão grande… podíamos estar a 10 metros à esquerda ou a 10 metros à direita. A sorte de isto ter acontecido é loucura”, concluiu Carla.

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS