Pai invade creche e agride menina de 4 anos que abraçou o filho

- Publicidade -

Na manhã de segunda-feira (11), a comunidade de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, foi abalada por um caso de agressão a uma menina negra de apenas 4 anos. O agressor, identificado como Kelver, de 32 anos, invadiu a Escola Municipal Professora Iracema de Souza Mendonça e atacou a criança por um motivo cruel e inaceitável: ela havia abraçado seu filho.

Testemunhas relataram que Kelver ficou furioso ao ver a cena e partiu para cima da menina, empurrando-a com violência. Imagens de câmeras de segurança flagraram o momento da agressão, que causou indignação e revolta na população.

A fúria do agressor não se limitou à menina. A diretora da escola, uma mulher de 69 anos que tentou intervir, também foi agredida por Kelver. A Guarda Civil Municipal foi acionada e o homem foi detido.

Em seu depoimento à polícia, Kelver alegou que seu filho tem “fobia de abraços” e que teria pedido para que a menina se afastasse, mas não foi atendido. Ele também orientou o filho a “bater” na menina caso ela se aproximasse.

A advogada da família da vítima, Lione Balta Cardozo, não descarta a possibilidade de que o crime tenha sido motivado por racismo. A menina é negra e Kelver é um frequente publicador de fotos em apoio a Jair Bolsonaro e à extrema direita, grupos com histórico de declarações e ações racistas.

Leia Também: Mãe joga cachorro de ponte na frente dos filhos menores em Joiville

 

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS