Menino de 11 anos morre esfaqueado ao tentar defender mãe grávida

- Publicidade -

Um menino de 11 anos foi morto à facadas em Chicago, nos EUA, enquanto tentava proteger a sua mãe grávida de 33 semanas do seu “ex-namorado abusivo”.

Segundo a CBS, o suspeito, Crosetti Brand, de 37 anos, foi acusado de homicídio em primeiro grau e tentativa de homicídio em primeiro grau depois do esfaqueamento fatal na quarta-feira.

O menino Jayden Perkins morreu e a sua mãe, Laterria Smith, ficou em estado crítico. Contudo, tanto ela quanto o bebê devem sobreviver. 

Brand era ex-namorado de Smith e estava em liberdade condicional após ser condenado a 16 anos de prisão por invasão da propriedade de uma outra ex-namorada. Tinha saído da prisão no dia anterior ao crime. 

A mulher esfaqueada tinha uma história com Crosetti que remontava a mais de 15 anos. 

Os registos do tribunal mostram que o suspeito recebeu ordens de proteção movidas contra ele por outras quatro mulheres desde 2004.

No tribunal, onde fez a sua primeira aparição esta sexta-feira, familiares das vítimas tentaram atacá-lo tentando passar pelas barreiras judiciais.

Leia Também: Tornados nos EUA fazem 3 mortos e 58 feridos; as imagens da destruição

 

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS