Adolescente com autismo se perde após sair de escola no litoral de SP

- Publicidade -

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Um adolescente com autismo e deficiência visual se perdeu após sair da escola em Itanhaém, litoral de São Paulo. Ele foi visto pelos colegas na Avenida Tiradentes e, em seguida, levado ao colégio. O caso ocorreu na segunda-feira (11).

Paula Maria Cruz, 42, foi informada que o filho dela, de 17 anos, tinha sido visto caminhando sozinho pela rua, após sair da escola. Ele deveria voltar com a van municipal.

O adolescente tem diagnóstico de TEA (Transtorno do Espectro Autista) e deficiência visual, além de não se comunicar com a fala (não verbal). Os colegas o encontraram perdido na Avenida Tiradentes e o levaram de volta à Escola Estadual Professor Jon Teodoresco, no bairro Mosteiro. Paula estava esperando o filho no local.

A mãe do jovem fez um post no Facebook para pedir que as autoridades responsáveis tomem as providências. “Façamos nossa parte para que esse tipo de crime não ocorra com nossas crianças e adolescentes”, escreveu.

A Secretaria de Educação de São Paulo informou, em nota, que lamenta o ocorrido e que já designou um supervisor para apurar a conduta da escola no caso. “A Diretoria de Ensino está à disposição da família e das autoridades para prestar qualquer esclarecimento”, diz a nota.

O caso foi registrado como abandono de incapaz e é investigado pelo 1º DP de Itanhaém, segundo a SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo).

Leia Também: Prefeitura de BH indenizará família de agente de saúde que morreu de covid

 

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS