Morre aos 95 anos alfaiate que sobreviveu a Auschwitz e ganhou fama nos EUA

- Publicidade -

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Conhecido nos EUA por vestir seis presidentes e celebridades como Lebron James e Frank Sinatra, o alfaiate Martin Greenfield morreu ontem, aos 95 anos, em sua casa.

Greenfield aprendeu a costurar quando era adolescente, enquanto prisioneiro em Auschwitz, na Alemanha, durante a Segunda Guerra Mundial. Ele nasceu Maximilian Grünfeld em 9 de agosto de 1928, no que hoje é o oeste da Ucrânia, mas na época fazia parte da Tchecoslováquia.

Em 1945, com o fim da Guerra, mudou-se para os EUA em 1947, com US$ 10 (cerca de R$ 50) e sem saber falar inglês. Ele logo mudou seu nome para Martin Greenfield e começou a aperfeiçoar o ofício que o tornaria alfaiate de políticos, estrelas de Hollywood e até de gângsteres notórios.

Um de seus primeiros clientes foi o ex-presidente dos EUA, Dwight D. Eisenhower, então presidente da Universidade de Columbia e, surpreendentemente, alguém que Greenfield conheceu quando visitou Auschwitz, segundo a NBC News.

Entre os presidentes dos EUA, o alfaiate atendeu Gerald Ford, Bill Clinton, Barack Obama, além de Donald Trump e Joe Biden. Outros dignitários políticos com quem trabalhou incluíram o ex-secretário de Estado Colin Powell e os prefeitos de Nova York Michael Bloomberg e Ed Koch.

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS