Morre bebê internado após atropelamento que matou família brasileira

- Publicidade -

A tragédia que atingiu a família de Diego Cardoso de Oliveira, de 40 anos, e Matilde Ramos Pinto, de 38, em San Francisco, nos Estados Unidos, se agravou nesta quarta-feira (21). O bebê de 2 meses, que estava internado em estado grave após o atropelamento que matou seus pais e o irmão mais velho, faleceu.

O acidente, que aconteceu no último sábado (17), tirou a vida de Diego e do filho mais velho no local. Matilde chegou a ser levada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Apenas o filho mais novo do casal, de 4 anos, sobreviveu ao acidente.

A condutora do veículo, Mary Fong Lau, de 78 anos, foi detida no domingo (18) sob diversas acusações, incluindo homicídio culposo com veículo, direção imprudente com lesão corporal grave e violações de trânsito.

Segundo as autoridades, Fong Lau perdeu o controle do Mercedes SUV branco que dirigia na rua Ulloa e colidiu com um ponto de ônibus da Muni de São Francisco na esquina da Ulloa com a Lennox Way. Testemunhas relataram que o carro chegou a bater no muro de uma biblioteca antes de atingir o ponto.

A morte da família causou grande comoção na comunidade brasileira em San Francisco. Amigos e familiares estão organizando campanhas de arrecadação de fundos para ajudar com as despesas do funeral e do tratamento médico do filho mais novo, que ainda se recupera do acidente.

De acordo com relatos de amigos à polícia, a família estava no ponto de ônibus para ir ao zoológico, como parte da comemoração do aniversário de quatro anos de casamento de Diego e Matilde. A alegria do dia festivo foi brutalmente interrompida pela tragédia.

Leia Também: Testemunha fala do acidente que matou família brasileira: “Coisa horrível

 

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS