Imagens mostram filho de YouTuber condenada por abusos procurando ajuda

- Publicidade -

Um vídeo divulgado por um tribunal mostra o filho desnutrido e ferido da YouTuber Ruby Franke, condenada por abusos, pedindo educadamente a um vizinho que o leve à delegacia de polícia mais próxima.

O filho de 12 anos de Ruby, mãe de seis filhos que dava conselhos a milhões de pessoas através de um popular canal do YouTube, escapou por uma janela e foi a várias casas vizinhas até que alguém lhe abriu a porta.

Segundo a CBS, também foram divulgados diários escritos por Franke onde a mulher descrevia como agredia os filhos e os fazia passar fome. 

Fotos, vídeos e interrogatórios foram divulgados um mês depois de Franke e a sua parceira de negócios Jodi Hildebrandt, uma conselheira de saúde mental, serem condenadas. Uma investigação policial determinou que o extremismo religioso motivou as mulheres a infligir abusos horríveis aos filhos de Franke, anunciou o procurador do condado de Washington, Eric Clarke, na sexta-feira.

Footage released by the Washington County Attorney’s office shows the moment YouTuber mom Ruby Franke’s 12-year-old son walked up to a neighbor’s house to ask for help after escaping his home. https://t.co/dEocu0dO1B pic.twitter.com/X8XTunGGbL

— CBS News (@CBSNews) March 24, 2024

“As mulheres pareciam acreditar plenamente que o abuso que infligiram era necessário para ensinar as crianças a arrependerem-se adequadamente dos ‘pecados’ imaginados e a expulsar os espíritos malignos dos seus corpos”, disse Clarke.

Lembrando Ruby Franke, a norte-americana que oferecia concelho parental no YouTube, foi condenada a uma pena até 60 anos de prisão por quatro crimes de abuso agravado de crianças. A mulher vai cumprir uma pena efetiva até 30 anos, já que é o tempo máximo por cúmulo jurídico no estado de Utah. 

Ruby, de 42 anos, foi detida em agosto do ano passado por abuso infantil depois de um dos filhos, com 12 anos, ter garantido que sofria de maus-tratos. Na época, o menor saltou uma janela e fugiu para casa de um vizinho, a quem pediu água e comida. O homem notou que a criança tinha fita adesiva nos tornozelos e nos pulsos e alertou as autoridades.
 
De acordo com um comunicado do Departamento de Segurança Pública de Santa Clara-Ivins, a criança estava “extremamente magra e desnutrida, com feridas abertas e fita adesiva à volta das extremidades”. 

Uma outra criança, uma menina de 10 anos, acabou por ser depois encontrada desnutrida. 

Antes da detenção, as autoridades já tinham sido chamadas à casa da YouTuber após uma vizinha perceber que os seis filhos de Ruby tinham ficado sozinhos em casa durante vários dias. 

O canal de Ruby, ‘8 Passangers’, foi criado no YouTube em 2015 e contava já com 2,3 milhões de inscritos, que seguiam a vida o estilo da família pertencente à Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Leia Também: Rússia envia avião de combate para afastar 2 bombardeiros dos EUA

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS