Rússia envia avião de combate para afastar 2 bombardeiros dos EUA

- Publicidade -

Em comunicado publicado no seu ‘site’ oficial, o Ministério da Defesa da Rússia descreveu que depois de detectar “alvos aéreos” que se aproximavam da sua fronteira, o exército russo descolou um caça MiG-31, que os identificou como “um par de bombardeiros estratégicos B-1B da Força Aérea dos Estados Unidos”.

De acordo com o Ministério, os dois bombardeiros americanos “ajustaram o seu curso para se afastarem da fronteira” no momento em que fizeram contato visual com o caça russo.

O Ministério afirmou que “não ocorreu nenhuma violação da fronteira estatal da Federação Russa” e que o voo do avião “foi realizado em estrita conformidade com as normas internacionais para a utilização do espaço aéreo em águas neutras e em conformidade com as medidas de segurança”.

Os Estados Unidos ainda não comentaram este incidente.

Leia Também: Ucrânia faz mega-ataque na Crimeia; míssil russo coloca Polônia em alerta

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS