Bombeiros buscam 6 desaparecidos em cidade onde 17 morreram pelas chuvas no ES

- Publicidade -

BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) – Em um cenário de destruição, o Corpo de Bombeiros do Espírito Santo faz buscas por seis pessoas desaparecidas após temporais na cidade de Mimoso do Sul, na região sul do estado, a 177 km de Vitória. Os nomes dos desaparecidos não foram divulgados.

Produtos vendidos por estabelecimentos comerciais se espalharam pelas ruas durante enchente. Moradores chegaram a procurar por alimentos espalhados na lama que pudessem ser levados para casa.

As equipes dos bombeiros foram distribuídas em duas frentes. Uma encarregada de procurar as pessoas em áreas em que a água já baixou, com a ajuda de cães farejadores, e outra em locais que ainda registram enchentes. Mimoso do Sul é cortada pelo rio Muqui do Sul.

Das 19 mortes pelas chuvas no estado, 17 ocorreram no município. A força da enxurrada colocou carros uns sobre os outros na cidade e a água chegou ao telhado de algumas residências, deixando apenas caixas d’água à mostra.

A lama se espalhou por toda a cidade, inclusive dentro de residências.

O entulho e a lama serão retirados das ruas por retroescavadeiras. Segundo a Defesa Civil, estão chegando à cidade caminhões com água, alimentos, kits de higiene e colchões. Até este domingo (24), o tráfego era precário no município, por causa dos estragos causados pelas chuvas.

Em relação aos mortos, o governo do Espírito Santo diz que as vítimas ainda estão sendo identificadas. Os corpos são levados para o IML (Instituto Médico Legal) de Cachoeiro do Itapemirim.

O boletim mais recente da Defesa Civil, divulgado às 11h desta segunda (25), afirma não haver cidades com risco alto de deslizamento de terra no estado, mas 21 municípios têm possibilidade moderada de deslocamento de encostas.
Há chances de mais chuvas nesta terça (26) na região sul do estado, a mais atingida pelas tempestades, conforme previsão do tempo divulgada pela Defesa Civil.

Sete abrigos funcionam em cidades da região. Um em Vargem Alta, dois em Mimoso do Sul, dois em Bom Jesus do Norte e dois em Apiacá, onde há 4.000 desalojados, o maior número do estado.

 

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS