Endrick arranca elogios da imprensa espanhola: “Garoto de 17 anos mudou a maior seleção”

- Publicidade -

Um duelo pouco amistoso, recheado de polêmicas e com brilho da juventude. Foi assim que Espanha e Brasil se enfrentaram nesta terça-feira (26), no Estádio Santiago Bernabéu, em Madri. O empate em 3 a 3 deixou em evidência o espanhol Lamine Yamal, de 16 anos, do Barcelona, e Endrick, de 17, do Palmeiras e vendido ao Real Madrid.

Endrick marcou o segundo gol da seleção brasileira no amistoso, com apenas cinco minutos do segundo tempo. Foi também a segunda vez que ele anotou pela equipe nacional. No sábado, fez o gol da vitória sobre a Inglaterra, em Wembley, outro templo do futebol.

“Nesse jogo entrei com uma leveza impressionante, estava muito tranquilo. Estou muito contente. No final, fiquei com a minha família. Quando todas as pessoas estavam me criticando, somente eles estiveram do meu lado”, iniciou Endrick. “A gente quer sempre vencer. Precisamos mostrar a cara do Brasil e, para isso, temos de ganhar jogos e campeonatos. Não vamos prometer, mas não vai faltar raça, garra e determinação”, completou o garoto.

Para a imprensa espanhola, Yamal é velho conhecido, enquanto Endrick, apesar de ser assunto reiterado por lá, teve sua primeira exibição na futura casa, o Santiago Bernabéu. O atleta palmeirense ganhou destaque nos principais diários da capital do país.

Para Pablo Carballo, redator de La Voz de Galicia, Endrick fez a partida com a qual sempre sonhou. “A entrada do Endrick e outras mudanças renovaram os ares do Brasil. Começaram a ter sua identidade de jogo. Endrick, no restante do jogo, esteve bem, talvez um pouco exagerado pelo que representa um jogo assim e a juventude que tem. O maior erro foi o chute em Cucurella que poderia ser para cartão vermelho sem dúvidas.”

O Marca declarou que “um garoto de 17 anos mudou a maior seleção da história”, em referência à alteração de postura da equipe brasileira com a entrada de Endrick em campo. O jornal ainda pontuou que “o atacante dá a sensação de que leva a vida toda jogando entre os adultos”. Ele está há mais de dois anos entre os profissionais do Palmeiras.

Já o diário As afirmou que Endrick não achou uma “melhor maneira de estrear naquele que será seu próximo lar do que marcar um gol”. O veículo também informa que seu nome foi ovacionado quando anunciado nas escalações em momento prévio ao jogo. “Aplausos quando foi para o aquecimento com meia hora de jogo e alegria ao entrar em campo. Chegou seu momento. Um 26 de março que nunca esquecerá.”

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS