Novo balanço aponta para quatro mortos e 57 feridos após sismo em Taiwan

- Publicidade -

Pelo menos quatro pessoas faleceram hoje e 57 ficaram feridas, segundo um novo balanço divulgado pelos bombeiros, após um terremoto de magnitude 7,5 na escala Richter sacudir a costa de Taiwan.

Conforme o Corpo Nacional de Bombeiros de Taiwan, todos os óbitos ocorreram na região de Hualien, a mais próxima do epicentro do terremoto, ao largo do leste da ilha.

Três das vítimas faleceram e mais de 40 ficaram feridas enquanto faziam uma caminhada no trilho Taroko Dekaron, no município de Xiulin. Outra pessoa veio a óbito após o veículo que conduzia ser atingido pela queda de pedras próximo a um túnel rodoviário.

Um balanço inicial indicava pelo menos um falecido e 50 feridos.

O terremoto ocorreu por volta das 09h00 (01h00 em Lisboa), com o epicentro próximo a Hualien, a uma profundidade de 15,5 quilômetros, de acordo com o Centro Sismológico da China.

Todos os alertas de tsunami emitidos em Taiwan, Japão, Filipinas e pelo Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico foram cancelados.

O primeiro tremor foi seguido por uma réplica de magnitude 6,2 na escala Richter, conforme o Serviço Geológico dos Estados Unidos.

O terremoto causou danos materiais consideráveis, especialmente em Hualien, cidade com cerca de 100 mil habitantes, onde pelo menos dois edifícios residenciais desabaram parcialmente, deixando pessoas presas.

As autoridades taiwanesas relataram que 308.242 residências ficaram sem eletricidade, embora o fornecimento já tenha sido restabelecido em cerca de 70% das habitações.

Chiang Wanan, presidente da autarquia de Taipé, elevou o nível de resposta a desastres para dois na capital de Taiwan e solicitou aos cidadãos que permaneçam vigilantes a possíveis novas réplicas.

A Comissão de Segurança Nuclear de Taiwan informou que as instalações nucleares da ilha não foram afetadas.

O terremoto foi descrito como “o mais forte em 25 anos” na ilha pelo diretor do Centro Sismológico de Taiwan, Wu Chien-fu. Em setembro de 1999, um terremoto de magnitude 7,6 deixou 2.400 mortos em Taiwan.

No Japão, as autoridades haviam orientado quase 500 mil pessoas nas ilhas de Okinawa, Miyakojima e Yaeyama, no sul do país, a deixarem suas casas e procurarem refúgio em locais mais elevados.

O alerta de tsunami resultou na suspensão de todos os voos de e para o aeroporto de Naha, na ilha principal de Okinawa, enquanto os passageiros foram levados para os pisos superiores devido à proximidade da costa.

Taiwan está situada no “Anel de Fogo” do Pacífico, uma região de alta atividade sísmica e vulcânica que se estende do Japão ao Pacífico, passando pelo sul da Ásia.

Leia Também: Cirurgiões removem coco verde de 9 cm do ânus de homem em Taiwan

Fique por dentro!

Para ficar sabendo de tudo que acontece em Campos e região, siga o nosso instagram @ClickCampos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS